Instituto do Ceará

Sócios Efetivos

Sócios Efetivos

Num total de 40 membros, os sócios efetivos são eleitos pela maioria absoluta dos demais, em caráter de vitaliciedade, mediante o preenchimento de vários requisitos, passando a fazer parte do quadro principal de membros do Instituto (Estatuto. Arts. 8º, 9º e 16)

JOÃO SOARES NETO

Categorias: Sócios efetivos

João Soares Neto nasceu em Fortaleza-Ceará, em 22 de agosto de 1941.

Filho de Francisco Bezerra de Oliveira e Margarida Caminha Oliveira.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 08.11.2022.

Aos 16 anos, sendo o mais novo, fundou o Girafa – Grupo de Instrução e Recreação Atlética de Fátima, que congregava jovens e adultos como Valdelice e José Carneiro Girão, entre outros, com fins culturais e esportivos, no Bairro de Fátima.

Formou-se em Administração pela Universidade Estadual do Ceará (1964) e em Direito pela Universidade Federal do Ceará (1965). A época, fazia parte da visão clássica da Teoria Organizacional. Assim, criou o POSDCORB CLUB para colegas e os futuros alunos, com o objetivo de ensinar que ser bom administrador precisava entender de: planejamento, organização, pessoal, direção, coordenação, emissão de relatórios e orçamentos.

Fez mediante concurso, Special Seminar na Harvard University, Cambridge, Massachussets – Life and Institutions in the United States, coordenado pelo professor Henry Kissinger. Esse programa começava na Columbia University, passando pelo Vassar College e pela Academia Militar de West Point. Em 1965, fez visitas técnicas à École Nationale de Administration, Paris, França e à Olivetti, Ivrea, Turim, Itália. Viajou pelos continentes África, América, Ásia e Europa.

Foi Professor da cadeira de Administração de Serviços Urbanos, na Escola de Administração da UECE.

Empreendedor da Planos – Shopping Benfica, que mantém atividades culturais de Artes, Cultura e Responsabilidade Social, com oito premiações pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Foi diretor da Associação Brasileira de Poupança e Empréstimo- ABECIP- Rio de Janeiro, representando o Brasil em Congresso Internacional no Peru, Lima e Conselheiro da OAB- Ceará.

Palestrante e debatedor em universidades e entidades. Jornalista, até hoje. Com artigos nos jornais Correio do Ceará, Diário do Nordeste e O Estado CE. No total de mais de 2 mil títulos. Membro do Conselho Consultivo do Anuário Literário do Ceará – Secult (2011).

Integra a Academia Cearense de Letras. Fundador e ex-presidente da Academia Fortalezense de Letras; membro da Associação Nacional de Escritores, Associação Brasileira de Bibliófilos e Sociedade Consular do Ceará. Sócio Honorário da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores e das Academias de Letras Municipais, Metropolitana de Letras de Fortaleza e Cearense de Cinema.

Estudos/Cursos, Homenagens e Premiações: União Cearense dos Estudantes Secundários – Certificado do Cargo de 1° Secretário – 1957; União Cearense dos Estudantes Secundários –Título de “Sócio Honorário” – 1961; XXV° Aniversário UNE – Medalha – 1962; Harvard University – Participação no Seminário “Life and Institutions in the U.S.A.” – 1963; Prefeitura e Câmara Municipal de Fortaleza – Certificado de Participação do “1° Congresso e Câmaras Municipais do Ceará” Como Secretário de Coordenação – 1965; Clube do Advogado – Certificado de Sócio Proprietário do Clube do Advogado – 1968; Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – Certificado de Participação no Ciclo de Estudos – 1976; Esso Brasileira de Petróleo S.A. – Certificado de Participação no “Seminário de Criatividade” – 1984; Paulo Peroba – Promoções Culturais do Nordeste – Diploma de Grande Colaborador da Cultura Cearense – 1984; Universidade Estadual do Ceará – Placa de Agradecimento do Curso de Administração- Turma de 1995.2 – 1995; International Writers and Artists Association – Certificado de Associado – 1995; The International Writers and Artists Association and Bluffton College – Certificado de Participação – 1996; Medalha Boticário Ferreira, outorgada pela Câmara Municipal – 1997; Academia Fortalezense de Letras – Diploma de Membro Fundador – 2002; Secretaria de Cultura da Cidade do México – Certificado de Participação da “Cuarta Feria del Libro em el Zócalo “La Ciudad um Libro Abierto”” – 2004; Comando da 10a Região Militar – Título de “Amigo da Região Martim Soares Moreno” – 2005; Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Regional Ceará – Título de Sócio Honorário – 2006; Academia de Letras dos Municípios do Estado do Ceará – Diploma de Sócio Honorário – 2006; Polícia Militar do Ceará – Medalha José Martiniano de Alencar – 2007; Associação Cearense de Imprensa – Diploma por Participação na Diretoria (gestão 2007 – 2010) na Entidade – 2007; Conservatório de Música Alberto Nepomuceno – Troféu por Relevantes Serviços Prestados á Cultura Artística no Ceará – 2008; Grupo Chocalho – Diploma de “Destaque Cultural” – 2009; Medalha Cultural José Mindlin – 2009; Associação dos Professores do Ensino Superior do Ceará – Troféu Coruja da APESC – 2010; Associação dos Professores do Ensino Superior do Ceará – Troféu Coruja da APESC – 2010; Irmandade Beneficente da Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza – Diploma da “Medalha do Sesquicentenário” – 2012; Academia Cearense de Letras – Diploma Acadêmico de Membro Efetivo – 2013; Associação dos Voluntários do Hospital São José – Certificado de “Amigo de Honra” – 2015; Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – Diploma de Acadêmico Honorário – 2016; Assembleia Legislativa do Estado do Ceará – Homenagem pelo Dia Mundial do Autismo – 2017; Cruz Vermelha Brasileira – Certificado “Amigo da Cruz Vermelha” – 2018; Assembleia Legislativa do Estado do Ceará – Homenagem pelos Cento e Dez Anos da Criação da Cruz Vermelha Brasileira – 2018; Associação Pintando SeteAzul – Título de “Padrinho Benfeitor” da Associação Pintando SeteAzul – 2019; Diploma de sócio honorário da Academia Cearense de Cinema – 2019.

Publicações: Artigos para jornal Correio do Ceará (1962 – 1969); Artigos para jornal Diário do Nordeste (1970 – 2016); Artigos para jornal O Estado Ceará (2014 – 2018)

Livros publicados: Sobre a vida e o amor; Sobre todas as coisas; Conversas de domingo; Microcontos; Capistrano por quem e para quem não o conhece; Experiência como presidente; Família, razão primeira; Histórias singulares; Sobre a gênese e o caos; Gente que conta; Futebol com Tatu-bola (Organizador); Crônicas datadas.

JOÃO SOARES NETO

JOSÉ AUGUSTO BEZERRA

Categorias: Galeria de Presidentes, Sócios efetivos

José Augusto Bezerra, nascido em Alto Santo-CE, em 1º de junho de 1948.

Filho de Américo Bezerra Cunha e de Maria Joviana Bezerra.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 05.08.2005. Foi presidente no período de 19.09.2007 a 27.05.2013.

Bacharel em administração de empresas pela Universidade Federal do Ceará (1975), com cursos de Marketing avançado em São Paulo e Marketing do Futuro em Eindhoven – Holanda. Ex-professor colaborador da Universidade Estadual do Ceará, na disciplina  Teoria das Organizações, em 1977, atividade da qual se afastou para assumir o cargo da direção regional da Philips do Brasil. Ali, trabalhou por mais de duas décadas (1977-1998).

Estudioso da Língua Portuguesa, com domínio do Inglês e do Espanhol, proferiu palestras sobre o desenvolvimento do Latim e sobre a influência da Língua Tupi no Português do Brasil.

Orador oficial, em nome dos intelectuais cearenses, na homenagem prestada ao dicionarista Aurélio Buarque de Holanda, pela passagem do septuagésimo aniversário (1980). Conferencista em vários Ciclos de Conferência da Academia Cearense de Letras, a mais antiga do gênero no Brasil.

Possuidor de uma importante biblioteca particular brasileira, com aproximadamente 30.000 volumes raros, já visitada, ao longo de décadas, por vários membros da Academia Brasileira de Letras e do IHGB, além dezenas de pesquisadores e comissões de pesquisadores, nacionais e internacionais.

Tem recebido as seguintes distinções:

Honrarias: Diploma do Sesquicentenário de José de Alencar, outorgado pela Câmara de Fortaleza (1979). Título de Grande Colaborador da Cultura Portuguesa, pela Academia Antero de Quental, 1970. Fundador e primeiro Presidente da Academia Maçônica de Letras do Ceará (1996). Comenda Patativa de Arte e Cultura, outorgada pela FUNCET- Fundação de Cultura, Esporte e Turismo da Prefeitura de Fortaleza (2003). Medalha Boticário Ferreira, mais importante comenda da Câmara Municipal de Fortaleza (2009). Troféu Sereia de Ouro, outorgado pelo Sistema Verdes Mares de Comunicação, quando falou em nome dos agraciados do ano (2010). Medalha de Prata (Ioannes Lvsitanorum Rex), da Academia Portuguesa da História (2011). Diploma de Sócio Honorário da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (2012). Grande Mérito Cultural da União Brasileira de Escritores (2016). Diploma de Honra ao Mérito da APESC – Associação dos Professores do Ensino Superior do Ceará (2016). Diploma de Sócio Honorário da Casa de Juvenal Galeno (2016). Diploma de Sócio Benemérito da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo (2016). Presidente de Honra da Academia Cearense de Cultura (2016). Medalha de Orador Modelo da Academia Cearense de Retórica (2018). Medalha Martins Soares Moreno, pela 10ª Região Militar (2019), outorgada em Fortaleza. Título de Membro Honorário da Comissão Internacional Martins Soares Moreno, recebido na cidade de  Lisboa, outorgado pela Real Sociedade Arqueológica Lusitana (2019).

Prêmio Dr. Laranjo Coelho, da Academia Portuguesa da História, com o tema: Investigação da História de Portugal (2019).

Tem participação em diversas entidades culturais: Membro da Academia Cearense da Língua Portuguesa. Membro da Academia Cearense de Retórica. Membro da Academia Fortalezense de Letras. Atual Presidente da Associação Brasileira de Bibliófilos. Ex-Presidente da Academia Maçônica de Letras. Ex-Presidente do Instituto do Ceará – Histórico, Geográfico e Antropológico, a mais antiga instituição cultural do Ceará, com três mandatos, de 2007 a 2013. Ali, concluiu a instalação do Museu Barão de Studart, refez a biblioteca, modernizou o estatuto, criou o laboratório de restauração, a hemeroteca, o setor iconográfico e restaurou os Arquivos do Barão de Studart, cujo projeto teve seu amigo José Mindlin, o maior bibliófilo do Brasil, já falecido, como curador. Presidente da Academia Cearense de Letras por dois mandatos (2013/2014 e 2015/2016). Nessa arcádia, materializou o projeto da nova biblioteca; criou dois novos auditórios e sala para reuniões; criou o Jardim dos Poetas e o Salão Nobre; recuperou e ampliou as obras artísticas da Instituição e implantou uma subestação elétrica; criou Selo Comemorativo e Medalha de Benemérito pelos 120 anos da ACL; reinaugurou o Palácio da Luz, restaurando a entrada original voltada para a Rua Sena Madureira; e, com apoio da Prefeitura de Fortaleza, recuperou a Praça dos Leões, primeira feita em Fortaleza, ao lado da Academia.

Acadêmico Correspondente da Academia Portuguesa da História, desde 2011. Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro, desde 2011. Sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), em 18/11/2019. Membro Correspondente da Real Sociedade Arqueológica Lusitana, desde 2012.Membro do Conselho Universitário da UNIFOR (maior Universidade particular do Nordeste), desde 2014. Membro do Conselho do Colégio de Estudos Avançados da Universidade Federal do Ceará (CEA), desde 2016.

Recebedor da medalha Cláudio Martins, sendo o segundo recebedor desta medalha. O primeiro recebedor foi o ex-Governador Tasso Jereissati, por ter doado o Palácio da Luz à ACL e, o segundo recebedor, neste caso, foi por lhe haver restaurado o esplendor original.

Criador e Presidente do Instituto Cultural José Augusto Bezerra.

Obras publicadas: O Espírito do Sucesso, romance épico. Enredo baseado na alma de Alexandre, o Grande. Utiliza dados e fatos históricos reais. Lançado na Bienal Internacional do livro, em Fortaleza (2004), com apresentação da Dra. Marilda Ciribelli, do IHGB, a obra já foi tema de vestibular e tem tradução em andamento para Espanhol e Alemão. Uma História do Brasil em Manuscritos (bilíngue) apresentado pelo Dr. Arno Wheling, Presidente do IHGB, à época. Livro ganhador do 1º prêmio internacional Sobre a Presença de Portugal no Mundo, oferecido pela Academia da História de Portugal e pela Fundação Calouste Gulbenkian (2011). Coordenador geral e ensaísta do livro em formato monumental: Arquivos do Barão de Studart (2010), uma das importantes obras contemporâneas sobre a História, a Geografia e a Antropologia do Ceará. Coautor, de três obras com as professoras Ingrid Schwanborn e Maria Elias Soares: 1) – Livro bilíngue Português/Alemão: Haydn, Mozart e Neukomm na Corte do Rio de Janeiro (2013), uma das obras que subsidiaram o filme documentário sobre Haydn, produzido na Alemanha. 2 – Livro bilíngue Um Novo Olhar sobre O Quinze, de Rachel de Queiroz (2014). 3 -Livro bilíngue, português e alemão: A Carta de Américo Vespúcio, em Lisboa(1504) e o Mapa de Martin Waldseeemüller, com o Nome America Delineando as Terras do Futuro Brasil (1507). Ganhador do Prêmio Dr. Laranjo Coelho, da Academia Portuguesa da História, versão 2019, cujo tema é a investigação científica da História de Portugal. Autor – Em fase de finalização, o Vol. II da obra Uma História do Brasil em Manuscritos, que virá juntar-se ao Vol. I, (previsão de término, em novembro de 2020).

JOSÉ AUGUSTO BEZERRA

José Borzacchiello da Silva

Categorias: Sócios efetivos

José Borzacchiello da Silva nasceu no Rio de Janeiro, no dia 7 de fevereiro de 1945. 

Filho de Amando da Silva e de Therezinha Borzacchiello da Silva.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 21.04.2021.

Graduou-se em Geografia pela Universidade Gama Filho.

Foi professor em colégios do ensino fundamental e médio do Rio de Janeiro. No ensino superior, foi professor da Universidade Estadual de Londrina-PR (1970-1976) e da Universidade de Fortaleza – UNIFOR (1977-1978). Após a aposentadoria, foi professor visitante no Departamento de Geografia da Universidade Federal de Pernambuco, em Recife (1997 a 1998). Retornou em 2000 à Universidade Federal do Ceará e, desde 2004, integra o corpo dos docentes permanentes do Programa de Pós-Graduação em Geografia.

Professor titular e emérito da Universidade Federal do Ceará.

Foi articulista do jornal “O Povo”.

Foi secretário da Seção Ceará da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC (1994 a 1995), presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia ((2003), coordenador da área de Geografia da CAPES, escolhido pelos Programas de Pós-Graduação em Geografia (2008), membro do Conselho Técnico Científico da CAPES e da Associação dos Geógrafos Brasileiros – AGB, da qual foi presidente de 1986 a 1988.

Foi agraciado com o título de cidadão honorário de Fortaleza, concedido pela Câmara Municipal de Fortaleza, e com a Medalha Chico Mendes, por serviços prestados em defesa do meio ambiente, concedida pela Assembleia Legislativa do Ceará.

Obras publicadas: Movimentos sociais populares em Fortaleza: uma abordagem geográfica – tese (1987); Nas trilhas da cidade (2001); Geografia e lutas sociais (1988); Panorama da Geografia brasileira 1 (2006); Panorama da Geografia brasileira 2 (2006).

Fonte: GUTIÉRREZ, Angela Maria Rossas Mota de. Revista do Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico). 2021. p. 195-203. Saudação ao novo sócio José Borzacchiello da Silva. SILVA, José Borzacchiello da. Revista do Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico). 2021. p. 205-213. Discurso de posse no Instituto do Ceará.

José Borzacchiello da Silva

José Eurípedes Maia Chaves Júnior

Categorias: Sócios efetivos

José Eurípedes Maia Chaves Júnior nasceu em Fortaleza-CE, no dia 13 de junho de 1956.

Filho de José Eurípedes Maia Chaves e Celita Brasil Girão Chaves.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 14.10.2016. Foi tesoureiro e atualmente integra a Comissão de História, tendo alí reorganizado a Sala Sociedade Capistrano de Abreu.

Cursou o antigo primário no Colégio Christus e Instituto São Pedro; e o secundário nos Colégios Castelo Branco e São João.

Médico (CRM-CE 3527) pela Universidade Federal do Ceará (1981, Turma Rodolfo Teófilo, da qual foi o orador oficial). Residência em Pediatria Clínica pela mesma Universidade (1982-1983). Título de Especialista em Pediatria pelo Conselho de Medicina do Ceará, em 2010.

Exerceu (agora aposentado), por concurso, atividades médicas na Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania (desde 1982) e no Ambulatório de Pediatria do Hospital das Clínicas Walter Cantídio, da UFC, a partir de 1984.

Bacharel em Direito pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), 1998, turma da qual foi, igualmente, o orador oficial; advogado (OAB 12797).

Realizou vários cursos e treinamentos para um melhor atendimento jurisdicional e à saúde dos apenados do Sistema Penitenciário do Ceará.

Sócio Colaborador da Comissão Cearense de Folclore (1996) e, igualmente, da Sociedade Cearense de Geografia e História (1993). Possui o diploma de ‘Amigo do Instituto do Ceará’, de 2002. Membro Efetivo da SOBRAMES (Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Ceará, desde 2012).

Neto do Historiador Raimundo Girão, foi-lhe auxiliar direto e operoso em inúmeras pesquisas historiográficas, conforme atestam as várias dedicatórias e notas de agradecimento em obras daquele destacado cultor da História do Ceará.

Afora prefácios e apresentações, colaborou com estudos e crônicas em livros de terceiros, antologias e na Imprensa local em diversas oportunidades.

Integrou a Comissão Organizadora das Comemorações do 1º Centenário de Nascimento do Historiador Raimundo Girão, seu avô materno, em 2000.

Possuidor de alentada biblioteca particular de assuntos gerais, já efetuou significativas doações para a Biblioteca Central da UNIFOR e da UECE.

Tem especial inclinação para o estudo da História e da Antropologia.

Em 08 de abril de 2015 proferiu, na Academia Cearense de Medicina, palestra intitulada ‘Variações em torno da Fundação de Fortaleza’. Sócio Titular Efetivo da Academia Cearense de Medicina exercendo, atualmente, a Diretoria da Biblioteca, Museu e Arquivo. Na referida ACM ocupa a Cadeira de nº 3 – patroneada pelo Barão de Studart, médico e historiador, sobre quem pronunciou palestra no evento Semeando Cultura, da SOBRAMES-CE, em 12/09/2016). Sócio Efetivo da Academia Cearense de Médicos Escritores – ACEMES (Cadeira nº 39 – Patrono Raimundo Vasconcelos Arruda). É detentor do Certificado de Mérito Cultural da Academia de Letras Juvenal Galeno (ALJUG), da qual é Sócio Honorário; assim como do Diploma Honra ao Mérito da Academia de Ciências, Letras e Artes de Columinjuba de Capistrano de Abreu (ACLA), de Maranguape – CE. Placa de Homenagem da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, quando das comemorações do Dia da Literatura Cearense (2017). Suas últimas produções encontram-se espalhadas nas antologias e revistas das instituições culturais que integra.

Obras publicadas: Nomes e expressões vulgares da Medicina no Ceará (dicionário – 1985); Raimundo Girão Polígrafo e homem público (roteiro biobibliográfico), 1986; Cidade de Mathias Beck – Aspectos da Fortaleza de sempre, 1991; O aniversário de Fortaleza (Controvérsias & Equívocos), 2008; Raimundo Girão, o Homem (1900 – 2000), juntamente com a Profª Valdelice Carneiro Girão, 2000; e os ensaios ‘Forte São Sebastião versus Forte Schoonenborch: diferentes origens e destinos’ e ‘Sugestões de leitura para o estudo das ocupações holandesas no Ceará (1637-1644 e 1649-1654)’ na coletânea O Siara na rota dos Neerlandeses, organização do pesquisador Josafá Terto de Amorim, em 2014.

Fonte: SILVA, Marcelo Gurgel Carlos da. Revista do Instituto do Ceará. 2016, p. 267-274. Discurso de recepção ao sócio efetivo José Eurípedes Maia Chaves Jr. CHAVES JR, José Eurípedes Maia. Revista do Instituto do Ceará. 2016, p. 275-280. Discurso de posse no Instituto do Ceará

José Eurípedes Maia Chaves Júnior

José Filomeno de Moraes Filho

Categorias: Sócios efetivos

José Filomeno de Moraes Filho nasceu em Chaval-CE, no dia 20 de novembro de 1952.

Filho de José Filomeno de Moraes e de Edila Fontenele de Moraes.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 25.11.2005.

Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará, mestre pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, doutor em Direito pela Universidade de São Paulo e livre-docente em Ciência Política pela Universidade Estadual do Ceará, com estágio pós-doutoral na Universidade de Valência (Espanha).

Professor adjunto de Ciência Política da Universidade Estadual do Ceará; professor titular do Mestrado em Direito Constitucional da Universidade de Fortaleza; coordenador do Curso de Especialização em Direito e Processo Eleitoral da Universidade de Fortaleza. Foi chefe do Departamento de Direito da Universidade de Fortaleza. Procurador do Estado do Ceará, exerceu também o cargo de procurador da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará.

Membro do Instituto dos Advogados do Brasil; do Instituto dos Advogados do Ceará, da OAB-CE, na qual presidiu a Comissão de Estudos Constitucionais, e da Academia Cearense de Ciências Sociais. Sócio da Associação Brasileira de Ciência Política; da Asociación Española de Ciencia Política y la Administración; da Asociación Latinoamericana de Ciencia Política; e da International Political Science Association. Membro do Conselho Diretor da Revista Latino-americana de Estudos Constitucionais.

Obras publicadas: Contrapontos: Democracia, República e Constituição no Brasil (2010); A Constituição econômica brasileira: História e política (2011); Estado, Constituição e Instituições Políticas – Aproximações a propósito da reforma política brasileira (2021). Em coautoria: Teoria da Constituição: estudos sobre o lugar da Política no Direito Constitucional (2003). Como organizador:  Política e Direito em Norberto Bobbio: luzes para a liberdade, a igualdade, a democracia e a República (2014); Direito Constitucional Contemporâneo: estudos em homenagem a Paulo Bonavides (2005); Justiça Eleitoral, controle de eleições e soberania popular (2016); Fazendo valer as regras do jogo: contornos eleitorais e partidários, instituições e democracia (2019).

Fonte: LINHARES, Marcelo Caracas. Revista do Instituto do Ceará. 2005. p. 295-300. Saudando José Filomeno de Moraes Filho. MORAES FILHO, José Filomeno de. Revista do Instituto do Ceará. 2005. p. 301-309. Discurso de posse como sócio efetivo do Instituto do Ceará.

José Filomeno de Moraes Filho

JUAREZ FERNANDES LEITÃO

Categorias: Sócios efetivos

Juarez Fernandes Leitão nasceu a 11 de março de 1948 em Novo Oriente, Ceará.

Filho de João Fernandes de Oliveira e de Maria Soares Cavalcante Leitão.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 08.03.2013.

Estudou nos Seminários de Sobral e de Fortaleza e, após desistir da carreira eclesiástica, cursou três anos da Faculdade de Direito da UFC.  Bacharelou-se em História e Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará, em 1976.  Seguiu o magistério como professor de História nos Colégios Lourenço Filho, Farias Brito, Batista, Sete de Setembro e cursos pré-vestibular. Na esfera política foi vereador de Fortaleza em duas legislaturas, suplente de senador e assessor político da Assembleia Legislativa do Ceará e da Câmara Municipal de Fortaleza. Participou de vários grupos literários no nosso estado. Foi membro Conselho Estadual de Cultura.

Poeta, cronista, conferencista e historiador com várias obras publicadas.

É membro da Academia Cearense de Letras, Academia Cearense de Retórica, União Brasileira de Trovadores, União Brasileira de Escritores e Academia Fortalezense de Letras.

 Obras publicadas: Urubu rosado (1981); Tangenciais (1987); Ignis, o inventário da paixão (poesias) (1993); Pelas ruas do mundo e da esperança (1995), em parceria com Artur Eduardo Benevides; Padre Leitão, o cura da Ribeira do Curtume (1999); Sábado, estação de viver (2000); A praça do Ferreira, República do Ceará moleque (2002); Futebol, ofício de paixão (2002); Quixeramobim (2003); O vaqueiro Gavião & outros causos da boca do mundo(2004); O sabonete premiado & outras histórias de humor e espanto (2005); Ensino como quem reza. Vida e tempo de Filgueiras Lima (2006); Maranguape de personagens e fatos históricos (2009); Prediletos das Urnas (2004); A Trajetória de Dona Nila (em parceria com Luiza Amorim) (2011); Verbo Cívico (em parceria com Arnaldo Santos) (2002); Deusmar Queirós, o Tecedor de Ousadias (2017); Olga Barroso na Vanguarda da Vida (2017); O Semeador de Sonhos (2019).

Fonte: do próprio sócio efetivo.

JUAREZ FERNANDES LEITÃO

Júlio Lima Verde Campos de Oliveira

Categorias: Galeria de Presidentes, Sócios efetivos

Júlio Lima Verde Campos de Oliveira nasceu em Fortaleza-CE, no dia 20 de setembro de 1946.

Filho de Armando Campos de Oliveira e de Maria José Lima Verde de Oliveira.

Sócio efetivo do Instituto do Ceará, tomou posse em 29.10.2019. Atual presidente, com mandato de 04.03.2021 a 04.03.2023.

Escritor, historiador e militar.

Estudou no Colégio Militar de Fortaleza e na Escola Preparatória de Capinas e, em seguida, na Academia das Agulhas Negras.

Doutor em Ciências Militares na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica de Pernambuco.

Foi Comandante do Colégio Militar de Fortaleza (1992-1993); Chefe do contingente brasileiro de observadores militares na fronteira do Equador (1996); Chefe da Secção de Cultura do Estado-Maior do Exército em Brasília (1996-1997); Comandante da 1ª Brigada de Infantaria da Selva em Boa Vista – Roraima. Promovido a General de Divisão, comandou a 10ª Região Militar, com sede em Fortaleza (2003-2005), passando para a reserva em 2006. De 2008 a 2009, foi designado como Coordenador Nacional das comemorações do bicentenário do Brigadeiro Sampaio, patrono da arma de infantaria do exército. Desde 2015, exerce as funções de Assessor Especial de Assuntos Históricos e Culturais da 10ª Região Militar.

Fonte: BEZERRA, José Augusto. Revista do Instituto do Ceará. 2019. p. 233-239. Saudação aos novos sócios Júlio Lima Verde Campos de Oliveira e Neuzemar Gomes de Moraes. OLIVEIRA, Júlio Lima Verde Campos de. Revista do Instituto do Ceará. 2019. p. 241-243. Discurso de Posse.

Júlio Lima Verde Campos de Oliveira